Coaching

digitalizar0002

A obra de Maggie João define o conceito Coaching, descrevendo os seus principais modelos assim como as competências que um Coach deve ter e os princípios pelos quais se deve reger.

É um livro de fácil leitura e que permite obter os conhecimentos mínimos sobre Coaching, dando pistas para quem pretender aprofundar mais o tema.

Autor: Maggie João
Editora: Smarthbook

Índice:

Parte I – Coaching e o seu contexto
Parte II – Modelos de Coaching
Parte III – Competências em Coaching
Parte IV – Princípios fundamentais ao Coaching
Parte V – Conduzir uma sessão de Coaching

Resumo do Livro:

O Coaching ajuda a revelar o potencial do individuo, realçando as suas características diferenciadoras, o Coach o ajuda a promover a reflexão e encoraja a “definir metas, criar opções, a ultrapassar problemas e a transformar crenças limitadoras em atitudes positivas”. O Coching tem como missão permitir às pessoas descobrir dentro de si as soluções aos desafios e atingir os objectivos previamente definidos.

As grandes áreas do Coching são: Life Coaching (Coaching de vida ou individual), Coaching Executivo (Coaching  aplicados a quartos de gestão, administradores, políticos, etc.) e Business Coaching (Coaching para empresas) e todas estas áreas seguem um código de ética com regras a serem cumpridas para garantir um serviço de qualidade ao cliente.

Todos os líderes deviam praticar o Coaching com os seus funcionários, sabendo escutar e questionar, criando uma relação de confiança na sua relação, gerando resultados de maior motivação e mais produtividade. Se um funcionários demonstrar vontade de aprender, de evoluir e se tiver competências técnicas, o líder poderá desenvolver uma estratégia de Coaching que o fará atingir o objectivo desta técnica, que é a possibilidade de o chefe poder delegar trabalho ao funcionário.

Existem vários modelos de Coaching diferentes, como o TGROW, CLEAR, modelo Coactivo e Coaching para Soluções, entre outros, que deveram ser utilizados conforme as competências técnicas do Coach e conforme o cliente e situação. Todos eles têm como função descriminar os vários passos a dar para “estruturar a interação com o cliente, manter o foco na agenda do cliente e a criar um resultado significativo para o mesmo.”

O Coach tem que ter determinadas competências como saber criar rapport (uma relação de harmonia, com a criação de afinidade entre Coach e cliente), saber escutar activamente e saber fazer as perguntas adequadas e saber explorar a técnica figuras de estilo.

Os valores pessoais são os princípios que regem a nossa vida, moldados desde a nossa infância, têm um grande impacto “no que fazemos, o que dizemos, como decidimos e na forma como pensamos.” Na mesma linha estão os valores profissionais. Pelo que o papel do Coach é levar o cliente a tomar consciência destes valores porque se este não viver segundo os mesmos sentirá frustração, desmotivação e conflito interior. Pelo que, os objectivos de vida têm que ter em conta os valores pessoais e profissionais. Os objectivos definem a direcção a tomar e fornecem ao cliente motivação para progredir e facilita a percepção de se ter atingido o resultado esperado.

O Coach terá também que trabalhar e conseguir aumentar a auto-estima do cliente, isto é, a impressão que cada indivíduo tem de si mesmo, que necessariamente influencia a forma como vive a vida. Além disso, é necessário libertar a mente do cliente de convicções que podem ser limitadoras, criando um “pensamento positivo e direcionando para a frente, para os resultados que o individuo deseja.”

digitalizar0003

Frases Chave:

“Há sempre o Sol por trás das nuvens.”

“…o Coaching ajuda o individuo a criar as suas próprias opções…”

“Na maioria dos casos as pessoas não deixam as empresas. Deixam os chefes.”

“…saber escutar e saber questionar…”

“Monitorar e dar feedback são elementos que ajudarão a motivação do empregado.”

“Coaching é uma práctica pró-activa e procura tomar a iniciativa para antecipar problemas antes que eles apareçam.”

“…para conseguir algo diferente, há que fazer algo diferente.”

“Definir objectivos e metas confere uma visão a longo prazo e uma motivação a curto prazo.”

“A nossa realidade é limitada e em parte é limitada pelas nossas próprias convicções…”

________________________________________________________________

Consulte os reviews dos livros analisados, **aqui**

Se gostou do artigo, coloque Gosto e Partilhe. Obrigada!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s