BRANDWASHED, Os truques de marketing que as empresas usam para manipular as nossas mentes

digitalizar0014

O livro Brandwashed dá-nos a verdadeira consciência de como somos influenciados pela publicidade e marketing, explicando ao pormenor os meios e técnicas utilizados e quais as nossas fraquezas que utilizam. É demonstrado que somos manipulados por marcas desde a nossa existência na barriga das nossas mães e ao longo das nossas vidas.

Autor: Martin Lindstrom

Editora: Gestão Plus

Índice:

Introdução: Uma desintoxicação de marcas

  • As primeiras compras do bebé, quando as empresas começam a vender-nos coisas ainda no útero
  • Espalhar o pânico e a paranoia, por que motivo o medo vende
  • Não consigo deixar-te, viciados em marcas, em compras e porque não conseguimos viver sem smartphones
  • Compras e terás sexo, o novo rosto do sexo (e dos sexos) na publicidade
  • Sob pressão, o poder da pressão social
  • Oh, doces memórias, o novo (e velho) rosto de marketing de nostalgia
  • O fascínio da realeza, os poderes ocultos da celebridade e da fama
  • Esperança num frasco, o preço da saúde, da felicidade e da iluminação espiritual
  • A cada passo que der, vão estar a observá-lo, o fim da privacidade

Conclusão

Resumo do Livro:

Especialistas em marketing e publicitários usam as novas ferramentas e tecnologias que associadas à investigação nas áreas do comportamento, desenvolvendo truques psicológicos, aproveitam-se dos nossos medos enraizados, dos nossos sonhos e desejos e tudo com a intenção de nos fazer levar ao consumo de determinados produtos ou marcas.

Martin Lindstrom demonstra que podemos ficar fãs de determinada marca ou produto muito cedo, por volta dos 3 a 5 anos, isto resulta do trabalho dos publicitários porque perceberam que quanto mais jovens começarmos a usar determinada marca ou produto mais provável é continuar a usar no futuro. Este gosto por um sabor, música ou cheiro pode até ser adquirido na barriga da mãe através dos hábitos desta.

O medo, essa emoção complexa mas não necessariamente desagradável é explorado pelo marketing e publicitários pois este sentimento é um poderoso persuasor que nos leva a agir. Os medos que se podem identificar como oportunidades para as campanhas de marketing são: medo do insucesso, da doença, da velhice, da pobreza, da morte, da solidão, etc. Se juntarmos o medo ao sentimento de culpa, arrependimento e ressentimentos podemos levar o consumidor adquirir produtos ou serviços que este até podia ainda não ter sentido a sua necessidade.

As marcas usam truques para criar dependência, aumentado o desejo pelas mesmas, levando-nos a comprar compulsivamente os seus produtos. Além disso, usam técnicas que conseguem afectar os nossos desejos mais profundos, introduzindo temos como sexo e fantasias sexuais na publicidade, quer seja criando nostalgia em relação à sua juventude, quer a vender dissimuladamente promessas de o consumidor ficar mais atraente.

Além disso, nós somos influenciados pelas escolhas e opiniões das outras pessoas, levando esta situação até a modificar as nossas acções e comportamentos para agirmos em conformidade, a isto chama-se pressão social. Esta estratégia pode ser usada por especialistas de marketing que tiram proveito do medo dos consumidores de exclusão, sendo os adolescentes o grupo de consumidores que mais podem ser influenciados por esta técnica.

As técnicas utilizadas para despertar o nosso interesse são variadas mas um simples persuasor psicológico muito utilizado é a nostalgia, utilizando as nossas saudades pelo passado para se aproximarem do consumidor através de publicidade ou mesmo produtos “retro”. Outra forma de nos levar a consumir um produto ou marca é usar a fama das celebridades, às vezes de forma clara e outras de forma subtil, ficando os consumidores com a sessão que estas transmitiram os seus atributos para os referidos produtos ou marcas.

É assustador com através das nossas pesquisas na Internet, através das nossas compras, da subscrição de cartões de fidelidade, as empresas têm acesso não só aos nossos dados de consumo como também aos nossos dados demográficos, gostos, preferências e desejos. Estes dados são utilizados para nos influenciar em compras directas, como também para influenciar a compra de produtos ou serviços interligados e não só, esse dados podem ser fornecidos ou vendidos em algumas situações.

Mas em jeito de conclusão, não há melhor e mais eficaz persuasor que a opinião dos nossos amigos ou grupo de influência, isto é, o poder do boca-a-boca, pelo que é possível começar a prever o futuro em termos de marketing e publicidade.

Frases Chave:

“Elas (empresas) analisam os nossos cérebros para descobrirem os nossos medos inconscientes mais profundos, os nossos sonhos, vulnerabilidades e desejos”

“Ainda mais assustador é o facto de aos três anos as crianças já sentirem pressão social para usar certas marcas…”

“Resumindo, estas empresas usam não apenas um mas vários persuasores ocultos.”

“Ao unir-nos contra um inimigo comum, o medo também cria um sentimento de união entre as pessoas.”

“Mas embora os desejos pareçam surgir espontaneamente, na verdade são acionados por certos elementos físicos e emocionais no nosso ambiente, dos quais podemos dar-nos conta ou não.”

“…avaliamo-nos em comparação com todos os outros.”

“As empresas e os especialistas de marketing sabem perfeitamente que a nossa idade “percebida” é um importante fator nas nossas decisões de compra e nos nossos hábitos de consumo.”

“As empresas mais astutas sabem que quanto mais velhos ficamos, mais intensas se tornam as nossas saudades do passado.”

“A perfeição deixa-nos desconfiados, enquanto consumidores.”

“A felicidade não é uma coisa que experienciamos; é uma coisa que recordamos.”

“Portanto, sim, todos nós sabemos que sempre que escrevemos sobre o nosso paradeiro no Twitter, actualizamos o nosso perfil no Facebook, compramos algo na Internet com cartão de crédito ou usamos um cartão de fidelidade num supermercado, estamos a lançar no mundo informações pessoais.”

digitalizar0017

________________________________________________________________

Consulte os reviews dos livros analisados, **aqui**

Se gostou do artigo, coloque Gosto e Partilhe. Obrigada!

Advertisements

Um pensamento sobre “BRANDWASHED, Os truques de marketing que as empresas usam para manipular as nossas mentes

  1. Martin lindstrom expoe o que o senso comum não é capaz de decifrar. É dessa incapacidade que a empresas se alimentam.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s